Mission (im)possible

Já repararam que a palavra ‘impossível’ inclui a palavra ‘possível’? Ou seja, nada é realmente impossível de alcançar.

Nestas épocas de Primavera é habitual termos muitas ideias. Sentimos que queremos fazer mais, dar mais, ser mais qualquer coisa. É bom não deixar morrer estes nossos impulsos. O importante é perceber o seu significado. Pode estar aqui a surgir uma necessidade de cumprir a nossa MISSÃO. Mas, sabemos qual é? Imagino que se soubermos faremos por a cumprir.

Então, o que podemos fazer para a descobrir?

» pode ser algo que gostávamos de fazer em criança;
» uma inquietação que temos, ou algo que nos aborrece;
» um problema que gostaríamos de solucionar.

Mas, depois surge aquele impasse… e agora?

» podemos não ter todos os meios para cumprir a missão, mas eles acabarão por surgir, a sim que pomos os pés ao caminho;
» também não seremos quem precisamos, mas iremos crescer e amadurecer nesse sentido.

O que nos falta então? Sair da zona de conforto, arriscar, criar os meios para efectivar esse risco. Por exemplo, se queremos iniciar um negócio por contra própria, convém investigar o mercado, ao mesmo tempo que fazemos poupanças para nos assegurar sustentabilidade nos primeiros meses. E então, do que espera para cumprir a sua MISSÃO?

Presentation1

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s